• Manuela Ferreira

O que é subsídio na compra do imóvel?


O sonho da maioria dos brasileiros é sair do aluguel, a aquisição da casa própria e a construção de um patrimônio sólido e confiável e a almejado pela maioria da população.

Para auxiliar na aquisição desse sonho foi criado um programa que oferece um subsídio (auxílio) habitacional.


O que é o subsídio habitacional?


A ideia do subsídio é ajudar a reduzir as parcelas de um financiamento imobiliário. O subsídio é um valor concedido pelo Governo Federal para famílias consideradas de baixa renda para viabilizar a compra da casa própria, para pessoas que não poderia pagar por quantias mais altas.


Essa ajuda, na prática, funciona com um desconto nas parcelas do financiamento do imóvel, ele diminui a quantia paga pelo comprador.


Como funciona:


Suponhamos que Maria queira sair do aluguel e comprar a sua casa própria e, após pesquisar bastante, encontra um imóvel de R$ 100 mil reais e consegue receber uma ajuda do governo de R$ 20 mil reais para adquirir o imóvel. Nessa situação Maria deverá pagar R$ 80 mil reais pelo imóvel e os R$20 mil reais serão quitados pelo Governo Federal.


Quem pode ter o subsídio para comprar imóvel?


A ajuda financeira para adquirir o imóvel não é destinada para todas as pessoas, pois varia de acordo com a renda mensal da família. Há 4 grupos de famílias contempladas, que é analisado conforme a renda.


Família com renda mensal de até R$ 1.800,00, de até R$ 2.600,00, de até R$ 4.000,00 e de até R$ 7.000,00. R$ 1.800,00, de até R$ 2.600,00, de até R$ 4.000,00 e de até R$ 7.000,00. Além da renda mensal existe outros critérios para participar do programa, que são:

  • ser brasileiro ou naturalizado;

  • ter pelo menos 18 anos;

  • não ter sido atendido por nenhum programa habitacional;

  • não ter financiado nenhum imóvel

Esses são os requisitos básicos é importante verificar o que cada programa estabelece. A ajuda é destinada apenas para aquisição de imóvel residencial.


Outra informação importante sobre o subsídio é que ele não é utilizado para o pagamento de outras taxas como ITBI, impostos com a entrada do imóvel, o valor da entrada do imóvel e outras taxas relacionadas a aquisição do imóvel.


Consulte sempre um profissional para auxiliar na aquisição do imóvel.


Leia Também:

Reconhecimento de firma é obrigatório no contrato de compra e venda de imóvel?

Desconto na compra do Primeiro Imóvel

Saiba como funciona o "SINAL" na compra do primeiro imóvel

Porque o Inquilino paga IPTU

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Blogger ícone social

©2020 por Manuela Ferreira.