top of page

COMO FAZER UM CONTRATO?





Quando se trata de redigir um contrato, muitas pessoas são tentadas a simplesmente pegar um modelo pronto da internet e usá-lo como base.


No entanto, essa abordagem pode ser arriscada, especialmente porque cada situação é única e requer considerações específicas.


Neste texto, ressaltamos a importância de não confiar apenas em modelos genéricos e como você pode elaborar um contrato personalizado que atenda às suas necessidades específicas.


Você terá acesso aos seguintes conteúdos:




COMO FAZER UM CONTRATO PASSO A PASSO


Fazer um contrato é uma tarefa complexa, sendo difícil indicar um passo a passo definitivo. No entanto, há alguns pontos essenciais que devem ser considerados durante sua elaboração.


Ao criar um contrato, é crucial analisar detalhes importantes, como as partes envolvidas no acordo e a definição clara do objeto do contrato. Além disso, é de suma importância prever possíveis problemas e estabelecer a forma de resolução para essas questões.


Por exemplo, suponhamos que você esteja realizando a venda de um imóvel em 34 parcelas mensais. Ao redigir o contrato, é essencial pensar em medidas a serem tomadas caso o comprador deixe de efetuar o pagamento de alguma parcela. Dessa forma, é possível se precaver contra eventuais problemas, mantendo tudo devidamente organizado no contrato.


Quais cláusulas não podem faltar em um contrato?


Várias cláusulas são essenciais para a elaboração de um contrato, mas o principal é saber identificar as circunstâncias que envolvem o contrato, para assim fazer o contrato de maneira mais precisa e segura possível. Neste vídeo, é possível entender um pouco mais sobre as cláusulas que não podem faltar em um contrato:






Os contratos pré-formatados encontrados online podem não abranger todas as nuances e particularidades da sua situação. Utilizar um modelo genérico pode levar a interpretações ambíguas ou conflitos legais no futuro, especialmente se não abordar todos os aspectos relevantes do acordo.


Cada contrato deve ser adaptado às necessidades e circunstâncias específicas das partes envolvidas, o que um modelo genérico pode não contemplar. É essencial considerar cuidadosamente cada aspecto do contrato e personalizá-lo de acordo com os interesses e objetivos das partes.


Ao elaborar um contrato personalizado, é importante abordar uma série de tópicos relevantes para garantir que todos os aspectos do acordo estejam contemplados e que os interesses de ambas as partes estejam protegidos. Aqui estão alguns dos principais cláusulas que devem ser considerados ao redigir um contrato:


1. Capa e Índice:

Nem todo contrato necessita de uma capa, mas é importante verificar em quais momentos ela se faz necessária. Além disso, incluir um índice pode facilitar a navegação e referência dentro do documento, listando os principais tópicos abordados.


2. Título, Preambulo e Considerandos:


O título do contrato deve guardar relação com o conteúdo do documento, enquanto o preâmbulo e os considerandos fornecem o contexto e as motivações por trás do acordo, incluindo a apresentação das partes envolvidas.


3. Glossário:


Definir os termos técnicos ou específicos utilizados no contrato é fundamental para evitar ambiguidades ou mal-entendidos.


4. Objeto e Obrigações das Partes:


É essencial descrever claramente o objeto do contrato e as responsabilidades de cada parte envolvida, incluindo prazos e condições para cumprimento.


5. Preço, Prazo e Extinção do Contrato:


Estipular o preço acordado, o período de vigência do contrato e as condições de rescisão ou término antecipado são aspectos-chave a serem considerados.


6. Penalidades e Formas de Resolução de Conflitos:


Definir eventuais penalidades por descumprimento das obrigações contratuais e estabelecer mecanismos para resolver disputas são medidas preventivas importantes.


Lembre-se sempre de buscar a orientação de profissionais qualificados em questões legais para garantir a conformidade do seu contrato com a legislação vigente e evitar futuros problemas.




68 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page